sábado, maio 12, 2007

Queima das Fitas, experiências do Staff

Antes de começar a descrever com todos os ínfimos detalhes que vocês querem saber acho importante esclarecer desde já que todos os elementos do Staff vivenciaram a Queima de modo diferente. Uns foram pra Coimbra, outros desencontraram-se, ou foram no dia X e não no dia Y, ao contrário de outros que foram no dia Y sem ir no dia X, alguns ficaram a dormir por lá outros vinham dormir a casa utilizando ou transportes públicos ou privados... enfim toda uma panóplia de experiências que posso não narrar por mim com total exactidão.
Vou passar então a descrever aquelas que se passaram comigo e possivelmente uma ou outra história que me tenha chegado aos ouvidos. Concerteza que os intervenientes dessas situações se prontificarão a rectificar todas as (muito provavelmente insignificantes) incongruencias que surjam ao longo deste post.


Os acontecimentos relevantes começaram na noite de 2ª Feira com a chocante descoberta de um vibrador e lubrificante no quarto do Ripado (doravante referido como Xavi devido ao novo visual que adoptou). Essa revelação surpreendente deixou reticentes os homens da luta (Anfilófio e Renato) que iam, mais tarde, partilhar o quarto com o Xavi. Essa reticência foi também alimentada pelo facto de o Xavi ter tido DUAS POLACAS a dormir na cama dele e não ter demonstrado o mínimo interesse em cobrar-lhes a estadia de uma forma que elas pudessem pagar.
Referindo-me particularmente ao novo visual do Ripa... perdão, do Xavi... pode dizer-se que é muito à frente e que apanhou todos de surpresa com umas notáveis entradas laterais num claro sinal de desprezo pelas habitantes femininas de um determinado e próspero país da Europa mas não pertencente à União.
De modo geral o Staff teve uma noite agradavel (talvez o Xavi não concorde totalmente, mas por outro lado não tenho dúvidas que o Wakizashi não vai hesitar em concordar), já o mesmo não se pode dizer de alguns phãos cuja noite lhes proporcionou longos diálogos com o grande amigo Gregório e expulsões do metro devido a esses mesmos diálogos. Em relação às nossas phãs a noite também não deve ter sido das melhores sendo envolveu quebras de tensão e "narizes ao peito" apoiados em sacos de gelo.
Reza a lenda que durante essa noite houveram muitas movimentações no quarto do Xavi... e, verdade seja dita, os homens da luta (que passaram lá a noite) mostraram-se exaustos no dia seguinte.


A 3ª Feira , que tinha como objectivo celebrar o aniversário do Wakizashi, acabou por se tornar numa noite de recobro para aqueles que abusaram na noite anterior (e para um ou outro que não abusaram na noite anterior, mas que mesmo assim aterreraram). Quanto ao Wakizashi, o aniversário deve ter sido de tal forma festejado na noite anterior para os lados de Coimbra que ele não tinha condições para mais festejos tendo acabado a noite a dormir no chão da tenda Jazz (local dos melhores concertos da Queima do Porto 2007) junto com o 1000101 (um milhão cento e um).
A noite ficou marcada, ainda antes da chegada ao recinto, por uma longa sessão de tortura sofrida pelo Wakizashi durante aquela que foi a mais longa viagem de metro de sempre (pelo menos para ele) e, tal como nos outros dias, pelas excentricidades do Xavi, sempre bem destacadas por todos nós (mas principalmente pelo Anfilófio).
Depois de muitas cenas de encontros e desencontros a noite acabou (ou a manhã começou, como queiram) comigo e o Little Bitel (amigo íntimo do Gregório e licenciado em vomitar em transportes públicos) a escoltar uma menina ao autocarro que dali a ia levar para a Covilhã (haha tadinha!!). Este serviço de acompanhamento é apenas um dos vários serviços disponibilizados pelo Staff (apenas disponivel para clientes do sexo feminino).


A 5ª Feira foi um dia que causou uma confusão tremenda e ficou marcado principalmente por três acontecimentos: a vinda do Lance à Queima do Porto depois de marcar presença assiduamente na de Coimbra; mais um encontro Staff-Phã, desta feita com a Ana BM (comentadora frequente daqui do blog) e, finalmente, pela tão brutal bebedeira daquela que é possivelmente a nossa phã mais antiga, a B*cas.
A confusão começou ainda durante a tarde com os bilhetes para acesso ao recinto. Essa confusão foi em principalmente causada pelo 1000101 (um milhão cento e um) mas foi rapidamente colmatada pela Ana BM que fez questão de me ceder uma credêncial. Obviamente não lhe ia negar o prazer nem a honra de me emprestar essa dita autorização de entrada.

Aproveito esta oportunidade para anunciar outro dos novo serviço que o Mau P'rá Phoda disponibiliza. Já toda a gente ouviu falar de baby-sitters, aquelas (normalmente meninas) que tomam conta de crianças/bébés quando os pais querem sair. O serviço que apresento aqui hoje é algo dentro das mesmas linhas, os drunk-sitters. Estamos em fase experimental e apenas aceitamos clientes do sexo feminino, mas fica já aqui a informação: primeira cliente ficou satisfeita! Já sabem, quando não quiserem aturar as vossas amigas bebedas, mandem-nas pra nós (a gente cobra em favores sexuais, que no caso da B*cas, ela própria se prontificou a pagar)!!


Muito mais haveria para dizer, mas isso fica para os comentários!!


Runcolho

5 comentários:

S.A. disse...

Festa que é festa, não o é sem um "nariz ao peito" e muito gelo para arrefecer os animos ;)

Anfilófio disse...

n ha duvidas nenhumas que segunda feira foi o melhor dia!aquelas suiças partem td :D
eu agr como enviado especial do staff ao enterro da gata fico dp encarregue de relatar os acontecimentos da melhor queima do pais!
UM forever

PS:ta td ressacado ou ng comenta isto agr :S
adesao à polemiaca esta fraca
PS2:ainda n vi as phas no enterro da gata ca para mim a lama era tanto q se enterraram mesmo!

S.A. disse...

uii e que enteeeo foi este...loucuraaaaa...a chuvinha ate ajudou a aquecer uns e a esfriar outros animos....

Anfilófio disse...

foi fixe o mau foi ir ao lago na praça de Republica e ter ficado deoente mas sem duvida gd enterro!!

Runcolho disse...

Se nao envolveu narizes lesionados entao nao prestou!!