sexta-feira, abril 08, 2005

Efeito Ax*!

Todos conhecem aquela célebre campanha publicitária de uma marca de desodorizantes mto usada neste país, sim, esse mesmo, o Ax*, toda a gente já usou, ou já ouviu falar, pelo menos já viu os reclames.
Para os que nunca viram (sim, a partir do momento que há quem n saiba o que é uma 4L é mais que provável que haja quem n conheças os reclames da Ax*), segundo os reclames, esse desodorizante torna qualquer homem comum irresistível a todos os elementos do sexo feminino.
Mas será que a toda a gente sabe qual a origem dessa publicidade? O Staff do Mau P'rá Phoda sabe, e vai revelar aqui em primeira mão a todos os que quiserem ler.
O Staff do Mau P'rá Phoda sabe que os publicitários desta companhia se inspiraram no Phodorico para esta campanha de sucesso. De alguma forma tiveram conhecimento da existência desta personalidade com tanto sucesso com o sexo oposto. Confirmo aqui, que o Phodorico é o efeito Ax* em pessoa, e posso também dizer que os reclames são uma representação fiel do quotidiano do Phodorico, sim por vezes ele "vê-se grego" para despistar as legiões de mulheres que correm atrás dele, até quando ele vai à musculação (coisa de maricas, mas isso não se aplica ao Phodorico) elas discutem entre elas e chega a haver "catfights" para ver quem consegue ficar na máquina imediatamente ao lado da dele, até as meninas da aeróbica do tipo Call On Me param juntam-se as outras para o apreciar.
Agora a questão que se coloca é será que o Ax* funciona de verdade?
A resposta é SIM, ao que o Staff do Mau P'rá Phoda pode apurar, a companhia da Ax* procurou o Phodorico após saber da existência de um homem com tal efeito sobre as mulheres e entrou em contacto com ele. Ao que parece entraram nalguma espécie de acordo com o Phodorico onde ele aceitou submeter-se a alguns testes nos laboratórios secretos da Ax* sediados na Póvoa, onde lhe fizeram algumas experiencias para descobrir a origem de tamanha atracção e foram-lhe retiradas amostras com o objectivo de estudar extractos/essencias e hormonas de Phodorico. Como tal, fazendo alguns extractos/essencias e hormonas do Phodorico parte da constituição complexa deste famoso desodorizante, é certo que tenha algum efeito sobre as mulheres. Possivelmente a publicidade será um pouco exagerada, e ainda bem, não são todos os homens que têm preparação física para correr e fugir as mulheres e ainda corriam o risco de serem desmembrados por mulheres loucas de atracção, isso é um risco exclusivo do Phodorico.
Mas nem tudo é um mar de rosas, ao que parece no contracto que assinou com a Ax*, o Phodorico não cedeu os direitos de representar a sua vida nas publicidades segundo pudemos apurar esta situação ainda não está resolvida, tendo o Phodorico levado a Ax* às barras do tribunal por "plágio de vida" exigindo que retirem toda a publicidade do ar e ainda uma indemnização milionária.

Depois do sucesso estrondoso do Ax* já várias marcas de produtos de higiene e não só contactaram com o Phodorico para que ele contribua com as suas hormonas para algum produto, por exemplo o famosíssimo champô do orgasmo, o H*rbal Essences, que outro ingrediente que não as hormonas do Phodorico puderiam causar um orgasmo instantaneo as mulheres que usam aquele champô?

Sabemos de fonte segura que a mais famosa marca de preservativos, C*ntrol, está a negociar com o Phodorico uma inserção desse magnífico ingrediente nos seus preservativos que mto provavelmente terão o nome de "C*ntrol Phoda com essências de Phodorico!"
Runcolho
P.S.- Eu tinha escrito este texto de outra forma, mas quando clickei para enviar deu erro e perdi o texto todo, tentei reescreve-lo, mas não ficou tão bem... as minhas sinceras desculpas!

1 comentário:

Wakizashi disse...

Pois é, esse desodorisante denominado Ax* teve tanto sucesso que até o próprio Anfilófio o passou a usar! Na verdade, ele ancharva-se de tal maneira que o resto do pessoal despachava-se a sair do balneário devido á quantidade de Ax* que ele despejava...
Por isso estão a ver que o efeito Ax*, como foi muito bem descrito pelo Runcolho, funciona na perfeição, mas em alguns casos (como o de Anfilófio) é preciso uma dose dupla para atraír-las!